20 de nov de 2009

O Google apresentou nesta quinta-feira pela primeira vez o seu sistema operacional Chrome OS.

O Google apresentou nesta quinta-feira pela primeira vez o seu sistema operacional Chrome OS, baseado em Linux e que terá todos os seus aplicativos funcionando na "nuvem". Além disso, a empresa disponibilizou todo o código-fonte do programa para que desenvolvedores possam criar softwares para ele. Segundo Sundar Pichai, vice-presidente de desenvolvimento de produto do Google, o Chrome OS deve ser lançado daqui um ano e será focado no mercado de netbooks.
O sistema será gratuito, mas funcionará apenas em hardware certificado. Ainda não há nenhuma informação quanto a preços ou formas de venda. Mas não será possível simplesmentes baixar o Chrome OS e instalá-lo em seu computador. Ele não funcionará em HDs, por exemplo, apenas em SSDs (solid stat drives).
O raciocínio do pessoal do Google é o seguinte. A maioria das pessoas hoje em dia usa computadores basicamente para navegar na internet. Até por que a maioria das coisas hoje pode ser feita pela web. Além do email e dos chats, hoje estão online também os vídeos, músicas, jogos, editores de texto, etc. Tudo na "nuvem".
Assim sendo, se o computador serve para acessar a internet, não existe mais motivo para aguardar todos aqueles infindáveis segundos para iniciar um sistema que traz diversas ferramentas que você simplesmente não usa.
O objetivo do Google é que o Chrome OS venha em netbooks ou laptops que funcionem como uma televisão: você aperta um botão e ele está funcionando. A interface do sistema é muito similar a do navegador web de mesmo nome e todos os aplicativos do Chrome serão baseados na web e só serão iniciados quando forem necessários.


0 comentários:

Postar um comentário