19 de jun de 2010

Fotos do Flickr podem ser vendidas na Getty Images.

A partir dessa semana, os 40 milhões de usuários do Flickr poderão optar por vender suas fotos através da agência Getty Images, uma aliança que pode transformar amadores em fotógrafos profissionais. Como funciona: se um usuário decide fazer parte do negócio, ele verá que em suas fotos aparecerá um link avisando que a foto está à venda. Se alguém quiser comprar a imagem, deverá acessar o link para entrar em contato com um representante da Getty.
A empresa não revelou quanto irá cobrar por cada foto, mas levando em consideração os preços de mercado, pode-se deduzir que uma imagem de 170 por 113 pixels pode ser vendida por US$ 7 - cerca de R$ 12 - e uma 5616 por 3744 pixels geraria uma renda de até US$ 590 - aproximadamente R$ mil.
Quem decidir participar precisa clicar na pergunta "Você gostaria de licenciar suas fotos via Getty Images?" que aparece junto às imagens desde quinta-feira. Após fazer isso você deve escolher uma das três opções: não participar, participar ou permitir que a Getty entre em contato se existir alguma imagem de interesse, mas não exibir publicamente que as suas fotografias estão à venda.
O Flickr já tinha uma parceria com a Getty Images para vender fotos, mas era um sistema fechado. Agora, qualquer usuário do site pode participar.
"Os usuários do Flickr são os olhos do mundo" disse Douglas Alexander, gerente geral do Flickr à BBC. Temos pessoas que contribuem em mais de 100 países e as imagens chegam de todos os cantos do planeta. Este acordo amplia os horizontes e o mercado global de fotografia comercial, além de proporcionar aos nossos usuários a possibilidade de ganhar dinheiro" disse Alexander.
Algumas pessoas que participam da parceria demonstram sentimentos mistos sobre seus benefícios.
"Eu trabalho por conta própria e tenho uma série de pedidos. Eu diria que um terço da minha renda vem desta parceira, o que é bom se você considerar que eu tenho cerca de 200 fotografias na Getty e 2,5 mil imagens em outros sites", disse Hal Bergman.
Entretanto, os usuários não estão muito contentes. Nos fóruns de discussão do Flickr, Aaron Reed afirmou que o acordo nem sempre é positivo.
No início eu estava feliz. Coloquei as fotos e as vendi. Desde então, tenho 60 imagens no total para a venda no site. Então percebi algo novo no local (Getty) ... downloads digitais. Lá estavam as minhas fotos em baixa resolução sendo oferecidas por US$ 5 ou US$ 35. Quer saber o que o meu lucro? Entre US$ 1 e US$ 7. Estou feliz que vendam imagens de baixa resolução por US$ 35 e me dêem U$$ 7? Absolutamente não", escreveu Reed.
O anúncio também não causou agrado na comunidade de software livre, há muito tempo defensora da chamada licença de "Criatividade Comum" que permite a partilha gratuita de fotos Flickr.
Se uma imagem tem este certificado significa que qualquer pessoa pode usar a foto desde que cite o autor da imagem e a reproduza dentro dos mesmos termos e condições.

0 comentários:

Postar um comentário